Vaticano fará conferência sobre presença da Igreja na China

Pequim e a Santa Sé vêm promovendo um processo de reaproximação

Papa Francisco vem promovendo reaproximação com a China
Papa Francisco vem promovendo reaproximação com a China (foto: ANSA)
20:57, 29 MaiROMA ZLR

(ANSA) - O Vaticano realizará nesta terça-feira (30), às 9h45 (horário local), uma conferência sobre a presença da Igreja Católica na China, em meio ao processo de reaproximação promovido pelo papa Francisco.

O evento acontecerá na sede da Comunità di Sant'Egidio (Comunidade de Santo Egídio), no bairro de Trastevere, em Roma, e terá a presença de estudiosos italianos e chineses, além de representantes de instituições estatais de cultura do país asiático.

A eleição de Jorge Bergoglio, em 2013, seguida pela chegada de Xi Jinping à Presidência da China, inaugurou uma nova fase de diálogo entre a Santa Sé e Pequim. As relações diplomáticas entre China e Vaticano foram rompidas em 1951, mas os dois países estão próximos de um histórico acordo para dar ao Papa a palavra final sobre a nomeação de bispos chineses.

Atualmente, a nação asiática conta com uma "igreja oficial", enquanto a Santa Sé atua quase na clandestinidade. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA