Igreja Católica estuda fazer sínodo sobre as mulheres

Proposta foi apresentada pela Pontifícia Comissão para A. Latina

Igreja Católica estuda fazer sínodo sobre as mulheres
Igreja Católica estuda fazer sínodo sobre as mulheres (foto: ANSA)
17:16, 11 AbrVATICANO ZLR

(ANSA) - A Pontifícia Comissão para a América Latina propôs ao papa Francisco a realização de um Sínodo sobre a relação entre a mulher e a Igreja Católica.

A ideia foi proposta no documento final da Assembleia Plenária do órgão, que ocorreu no Vaticano, em março. O tema do encontro era "A mulher, pilar na edificação da Igreja e da sociedade na América Latina".

De acordo com o texto publicado nesta quarta-feira (11), "a mudança de época em que estamos imersos e que requer da parte da Igreja uma nova proposta de dinamismo missionário exige uma mudança de mentalidade".

Além de "um processo de transformação análogo ao que o papa Francisco conseguiu concretizar com as assembleias do Sínodo sobre a Família e que agora se propõe com a próxima assembleia sobre os jovens".

"A Igreja Católica, seguindo o exemplo de Jesus, deve estar livre de preconceitos, estereótipos e discriminações sofridas pela mulher", acrescentou a comissão.

O documento ainda aponta que as igrejas locais têm "a liberdade e a coragem para denunciar todas as formas de discriminação e opressão, de violência e de exploração sofridas por todas as mulheres em diferentes situações".

A comissão ainda convidou as instituições católicas de ensino superior a "continuarem aprofundando uma teologia da mulher, à luz da tradição e do magistério da Igreja".

O texto é concluído com um chamado para "promover, em todas as igrejas locais e através de conferências episcopais, um diálogo franco e aberto entre pastores e mulheres comprometidas em diversos níveis de responsabilidade: políticas, empresárias, líderes de movimentos populares e comunidades indígenas". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA