Papa nomeia primeiro laico para chefiar dicastério vaticano

Jornalista Paolo Ruffini comandará pasta de Comunicações

Papa Francisco com Paolo Ruffini, novo chefe da comunicação do Vaticano
Papa Francisco com Paolo Ruffini, novo chefe da comunicação do Vaticano (foto: Ansa)
19:07, 05 JulCIDADE DO VATICANO ZLR

(ANSA) - O papa Francisco nomeou pela primeira vez um laico para comandar um dicastério do Vaticano: trata-se do jornalista italiano Paolo Ruffini, escolhido nesta quinta-feira (5) como prefeito do Dicastério para as Comunicações da Santa Sé.

Apesar de laico, Ruffini tem sua trajetória ligada à Igreja, já que era diretor da emissora da Conferência Episcopal Italiana (CEI), a "TV2000", desde maio de 2014. Ele substituirá o padre Dario Viganò, que renunciou após ter sido acusado de censurar trechos de uma carta de Bento XVI sobre Francisco, em março passado.

Nascido em Palermo, em 4 de outubro de 1956, Ruffini é formado em direito, mas trabalha como jornalista desde 1979. Durante sua carreira, passou por alguns dos principais veículos de imprensa da Itália, como os jornais "Il Mattino" e "Il Messaggero" e a emissora "Rai".

"Ele recebeu diversos prêmios de jornalismo e participou de numerosos congressos sobre o papel dos cristãos na informação, a ética da comunicação e as novas mídias", diz a Sala de Imprensa da Santa Sé.

O Dicastério para as Comunicações foi criado em junho de 2015 e controla todos os veículos de imprensa do Vaticano. "Muitas vezes na vida, me ocorreu de ter de mudar de papel, de ter de recomeçar, sempre de uma maneira não prevista, mas essa é a mais imprevista de todas", disse Ruffini em uma nota, acrescentando que não esperava o chamado do Papa. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA