Papa e patriarcas rezam por paz no Oriente Médio

Encontro ocorreu em Bari, na Itália, e reuniu 70 mil fiéis

Papa e patriarcas rezam por paz no Oriente Médio (foto: ANSA)
11:54, 07 JulBARIS ZBF

(ANSA) - O papa Francisco visitou a cidade de Bari, no sul da Itália, neste sábado (7) para participar de uma oração com patriarcas de igrejas orientais pela paz no Oriente Médio.

Acompanhados do Papa, os patriarcas visitaram também a Basílica de São Nicolau, que fica no centro histórico de Bari, capital da Puglia.

Francisco criticou durante a "indiferença" em relação aos crimes e assassinatos no Oriente Médio e pediu uma soluço de dois Estados na crise entre Israel e Palestina.

"A indiferença mata e nós queremos ser a voz que contrasta com o homicídio da indiferença. Queremos dar voz a quem não tem voz, a quem consegue apenas engolir lágrimas, porque o Oriente Médio chora hoje em dia, sofre, enquanto outros atropelam a região em busca de poder e riqueza", disse.

"Hoje, apesar de tudo, não há alternativa possível à paz", pediu o Papa, criticando as "tréguas garantidas por muros e as provas de força que levam à paz". Segundo ele, a paz só é atingida com "a vontade verdadeira de ouvir e dialogar".

 "Imploramos de modo particular por Jerusalém, cidade amada por Deus e ferida pelos homens, sobre a qual o Senhor ainda chora", afirmou Francisco, defendendo a solução de dois Estados para dois povos. "Uma solução negociada é o único modo de garantir que Jerusalém continue a ser a cidade santa de todos", disse.

A reunião foi considerada histórica, pois contou não apenas com autoridades católicas, mas também com membros de igrejas cristãs de outros países. Mais de 70 mil fiéis se acumularam desde as primeiras horas da manhã ao longo do calçadão marítimo de Bari para acompanhar as orações, que foram feitas em italiano, árabe, armênio e siríaco.
    (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA