Detido por abuso, cardeal australiano pode ficar em isolamento

George Pell foi condenado a 6 anos de prisão por pedofilia

Detido por abuso, cardeal australiano pode ficar em isolamento
Detido por abuso, cardeal australiano pode ficar em isolamento (foto: EPA)
13:35, 14 MarSYDNEY ZCC

(ANSA) - O cardeal australiano George Pell, condenado a seis anos de prisão por pedofilia, está "correndo sério risco" de ser mantido no isolamento até que as autoridades da penitenciária possam elaborar procedimentos de segurança para protegê-lo.

A informação foi revelada nesta quinta-feira (4) pelo jornal "The Australian", citando fontes oficiais, e relata que o órgão estadual responsável pelo centro de detenção de Victoria está examinando medidas para transferir o religioso de uma instalação de segurança máxima para uma prisão "comum", onde compartilhará a cela com outros criminosos.

De acordo com a imprensa local, Pell, de 77 anos, está "em sério risco por causa de seu perfil e pelo tipo de crime que cometeu".

O ex-conselheiro financeiro do papa Francisco e secretário de Economia do Vaticano foi sentenciado ontem(13) a seis anos de prisão por abusos sexuais cometidos quando era arcebispo católico de Melbourne nos anos 90. Ele só poderá entrar com um pedido de liberdade sob pagamento de fiança depois de cumprir três anos e oito meses de pena em regime fechado, em um centro de detenção na Austrália.

O caso de pedofilia se refere a dois coroinhas de 13 anos de idade que teriam sido abusados por Pell depois de uma missa na Catedral de San Patrick. Para o juiz Peter Kidd, isso "levanta preocupações de segurança".

Além disso, o magistrado ressaltou que os problemas de saúde de Pell também podem ser um agravante. Ele sofre de doença cardíaca, pressão alta e insuficiência cardíaca congestiva. "Estou ciente de que o tempo de prisão será negativamente impactado por fatores, como velhice e à consequente vulnerabilidade", explicou Kidd.

Com isso, ainda de acordo com o jornal, o religioso poderia ser transferido para uma das duas instalações internas de Victoria onde criminosos sexualmente agredidos e detentos de baixa periculosidade são mantidos em segurança. Uma segunda opção é a transferência para a prisão de segurança mínima Langi Kai Kal, a 150 km a oeste de Melbourne, perto de Ballarat, cidade natal de Pell. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA