Papa Francisco faz apelo por Igreja 'sem fronteiras'

Declaração foi dada durante 1ª audiência geral após férias

Papa Francisco faz apelo por Igreja 'sem fronteiras' (foto: EPA)
12:45, 07 AgoCIDADE DO VATICANO ZCC

(ANSA) - O papa Francisco fez um novo apelo hoje (7) em defesa de uma igreja "sem fronteiras", capaz de atender aos problemas das pessoas, ressaltando que é preciso ter "a mão sempre estendida", durante a sua primeira audiência geral as férias de julho.

O Pontífice fez um chamado para uma comunidade que abra os olhos, esteja sem fronteiras e sempre pronta para superar barreiras.

Com base em uma passagem dos 'Atos dos Apóstolo', Francisco lembrou a forma como Jesus tratou um mendigo. "Aqui vemos o retrato de uma igreja que olha para aquele que está em dificuldades para criar relacionamentos significativos, pontes de amizade e solidariedade".

"Um paradigma de tantos excluídos e descartados do mundo". Jorge Bergoglio ressaltou que "é o rosto de uma igreja sem fronteiras que se sente mãe de todos e que vive a arte do acompanhamento, que se caracteriza pela delicadeza com quem chega à terra sagrada do outro".

Além disso, o líder argentino defendeu uma igreja com "portas abertas", principalmente no momento em que a Itália tem aprovado novos decretos de segurança contra o acolhimento de imigrantes. Por fim, o Papa saudou às crianças refugiadas acolhidas pela organização "Auxilium", que presta auxílio aos imigrantes que chegam ao país.

Esta é a primeira audiência geral realizada pelo Santo Padre depois do mês de descanso. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA