Papa celebra audiência sem fiéis pela primeira vez

Praça São Pedro foi fechada por causa do novo coronavírus

Papa Francisco celebra audiência geral na Biblioteca do Palácio Apostólico
Papa Francisco celebra audiência geral na Biblioteca do Palácio Apostólico (foto: ANSA)
08:52, 11 MarCIDADE DO VATICANO ZLR

(ANSA) - O papa Francisco celebrou pela primeira vez na história sua tradicional audiência geral, que acontece todas as quartas-feiras, no Vaticano, sem a presença de fiéis.

Ao invés da Praça São Pedro, fechada por conta da epidemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália, o líder da Igreja Católica rezou a missa na Biblioteca do Palácio Apostólico, onde ele já havia celebrado o Angelus no último domingo (8).

Transmitida online, a audiência contou com a presença apenas dos sacerdotes que leem a palavra e a catequese em diversos idiomas.

"Neste momento, gostaria de me dirigir a todos os doentes que contraíram o vírus e a todos que sofrem com as incertezas relativas às suas próprias doenças. Agradeço de coração aos médicos, enfermeiros, enfermeiras e voluntários. Estou ao lado das pessoas que sofrem", disse o Papa.

O novo coronavírus já contaminou mais de 10 mil pessoas na Itália e matou pelo menos 631. O Vaticano, por sua vez, contabiliza um caso de contágio confirmado.

Francisco, no entanto, fez um apelo para que a epidemia não leve a humanidade a se esquecer dos "pobres sírios que estão sofrendo na fronteira entre Grécia e Turquia". "Eles precisam fugir da guerra, da fome, da doença. Não esqueçamos os irmãos, as irmãs e as tantas crianças que sofrem ali", declarou.

A fronteira greco-turca é palco de uma nova crise humanitária após Ancara ter dado passagem para refugiados sírios como forma de pressionar a União Europeia a ajudar suas forças contra a ofensiva do regime de Bashar al-Assad na província de Idlib, dominada por rebeldes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA