'Medidas drásticas nem sempre são boas', diz Papa

Francisco voltou a instar padres a estarem próximos a fiéis

Papa Francisco celebra missa na Casa Santa Marta
Papa Francisco celebra missa na Casa Santa Marta (foto: EPA)
10:08, 13 MarCIDADE DO VATICANO ZLR

(ANSA) - O papa Francisco afirmou nesta sexta-feira (13), em meio à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), que "medidas drásticas nem sempre são boas".

A declaração foi dada na introdução da missa matinal do líder católico na Casa Santa Marta, sua residência oficial, em uma mensagem sobre o tratamento que os sacerdotes devem ter com fiéis neste momento de pandemia.

"Unimo-nos aos doentes e às famílias que sofrem com esta pandemia. Também gostaria de rezar hoje pelos pastores que devem acompanhar o povo de Deus nesta crise. Que o Senhor lhes dê a força e também a capacidade de escolher os melhores meios para ajudar. As medidas drásticas nem sempre são boas", disse o Papa.

"Por isso, oremos para que o Espírito Santo dê aos pastores a capacidade de discernimento para que eles tomem medidas que não deixem sozinho o santo povo fiel de Deus. O povo de Deus deve se sentir acompanhado pelos pastores e pelo conforto da palavra, dos sacramentos e da oração", acrescentou.

Há três dias, também na missa de Santa Marta, Francisco havia exortado os padres a levarem a eucaristia para pacientes de Covid-19 e pessoas em isolamento, apesar das tentativas do governo da Itália de restringir contatos interpessoais o máximo possível. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA