Papa suspende todos os processos no Vaticano por coronavírus

Serão mantidos apenas casos urgentes ou em fase de investigação

Vaticano está tomando medidas para evitar a propagação do coronavírus
Vaticano está tomando medidas para evitar a propagação do coronavírus (foto: Ansa)
10:41, 19 MarCIDADE DO VATICANO ZGT

(ANSA) - O papa Francisco anunciou nesta quinta-feira (19) a suspensão de todos os processos judiciários no Vaticano até o dia 3 de abril como forma de minimizar o risco de transmissão do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Em nota, o Pontífice afirma que a decisão foi tomada "em vista da particular condição sanitária ligada à difusão do Covid-19".

"Tal previsão, já adotada na Itália, não afeta as atividades de investigação [...] e aqueles procedimentos que necessitem ser tratados por razões de urgência", diz ainda o comunicado. Ainda foram definidas limitações na entrada nos tribunais e a mudança de horário de abertura dos mesmos órgãos judiciários.

A medida é mais uma mudança adotada pelo Vaticano desde o avanço da pandemia pela Itália e por toda a Europa.

A Praça e a Basílica São Pedro, por exemplo, estão fechadas para turistas e visitantes, bem como todas as lojas consideradas "não essenciais". Apenas o supermercado e a farmácia continuam abertas e a alimentação de todos os funcionários está sendo enviada por delivery. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA