Macron telefona para Papa para debater pandemia

Conversa focou no perdão às dívidas dos países pobres

Macron e Francisco conversaram por 45 minutos
Macron e Francisco conversaram por 45 minutos (foto: EPA)
08:28, 22 AbrPARIS ZGT

(ANSA) - O presidente da França, Emmanuel Macron, telefonou nesta terça-feira (21) para o papa Francisco para debater aspectos da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), informam fontes do governo francês.

Entre os temas abordados nos 45 minutos de conversa, os líderes discutiram o alívio ou o perdão das dívidas dos países mais pobres do mundo durante a crise sanitária, uma iniciativa solicitada pelo Pontífice durante as celebrações da Páscoa.

"A troca foi muito rica e convergente sobre a necessidade de agir rapidamente na questão dos países pobres e sobre a exigência de ir ao encontro dos países africanos. O Papa expressou a sua preocupação e exortou por um apoio ao sistema sanitário africano", informam ainda as fontes do Palácio do Eliseu.

Macron e Francisco ainda debateram sobre a necessidade de uma suspensão temporária dos conflitos no mundo, para permitir o atendimento humanitário aos mais afetados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA