Bispo polonês pede que Vaticano investigue pedofilia no país

Pedido tem como base documentário local sobre abuso de irmãos

Casos de pedofilia na igreja da Polônia foram retratados em documentário
Casos de pedofilia na igreja da Polônia foram retratados em documentário (foto: EPA)
09:16, 18 MaiROMA ZGT

(ANSA) - Um documentário polonês sobre o abuso sexual de menores por parte de sacerdotes do país fez com que o arcebispo de Gniezno, Wojciech Polak, pedisse uma investigação do Vaticano sobre o caso neste domingo (18), informa a mídia local.

O "Hide and Seek", dirigido por Tomasz Sekielski, foi visto por milhares de pessoas no YouTube e ganhou amplo destaque na Polônia, no momento em que a Igreja Católica local fazia inúmeras celebrações pelo centenário de nascimento do papa João Paulo II.

O documentário foca, especificamente, no caso de dois irmãos que são apontados como vítimas de abusos de um padre e que o fato seria acobertado pelo bispo local. "Acabei de ver o filme 'Hide and Seek' e ele mostra que os padrões de proteção de crianças e adolescentes na Igreja não foram respeitados", disse Polak em um vídeo divulgado pela agência de notícias católica "Kai".

O arcebispo ainda comentou que pediu a abertura de uma investigação também com base na carta apostólica enviada pelo papa Francisco em março de 2019 sobre a proteção dos menores e dos mais vulneráveis da sociedade.

O primeiro documentário de Sekielski sobre o tema, divulgado em maio do ano passado, foi visto por mais de 23 milhões de pessoas e causou um amplo debate no país sobre os casos de pedofilia na igreja local. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA