'Museus do Papa' reabrem as portas em 1º de junho

Os Museus Vaticanos estão fechados desde o dia 8 de março

Visita à Capela Sistina faz parte do roteiro nos Museus Vaticanos
Visita à Capela Sistina faz parte do roteiro nos Museus Vaticanos (foto: ANSA)
11:04, 23 MaiCIDADE DO VATICANO ZLR

(ANSA) - Os Museus Vaticanos, fechados desde 8 de março por causa da pandemia do novo coronavírus, serão reabertos no próximo dia 1º de junho, mas permitirão apenas visitantes usando máscaras de proteção.

Segundo um comunicado oficial divulgado neste sábado (23), o público também terá a temperatura corporal medida na entrada do museu. "A atual situação de emergência sanitária nos impôs como principal pressuposto para poder reabrir o objetivo de contemplar as exigências de segurança e de saúde", diz a nota.

As entradas só serão permitidas mediante reservas online para evitar aglomerações em um museu conhecido pelas longas filas e pelos ambientes lotados, como a Capela Sistina. A abertura gratuita no último domingo do mês permanece suspensa.

O Vaticano também reabrirá as Vilas Pontifícias de Castel Gandolfo, residência de verão dos papas, mas apenas aos sábados e domingos e com as mesmas medidas de proteção exigidas no museu. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA