Argentina prorroga veto para entrada de estrangeiros até 28/2

Medida mantém permissão de entrada de 50% de voos do Brasil

Argentina manteve restrições para voos não essenciais ao país
Argentina manteve restrições para voos não essenciais ao país (foto: EPA)
10:47, 01 FevBUENOS AIRES ZGT

(ANSA) - O governo da Argentina prorrogou até o dia 28 de fevereiro o fechamento de fronteiras para turistas, com exceções, por conta da pandemia de Covid-19, informou o Ministério da Saúde neste domingo (31).

Os voos de e para o Brasil poderão ser mantidos, mas com uma redução de 50% nas viagens - como foi anunciado em uma medida divulgada no dia 27 de janeiro. Já aqueles que vêm ou voltam para Estados Unidos, México e países da Europa devem ser reduzidos 30% da frequência.

"A presente medida prorroga a proibição de entrada no território nacional, também até o dia 28 de fevereiro de 2021 inclusive, de pessoas estrangeiras não residentes no país, através de portos, aeroportos, passagens internacionais, centros de fronteira ou qualquer outro ponto de acesso, com o objetivo de reduzir as possibilidades de contágios", diz um trecho do artigo 30 do decreto 67/2021.

Já sobre Reino Unido e Irlanda do Norte, a decisão administrativa 44/2021, incluída no decreto, afirma que a Administração Nacional da Aviação Civil (Anac) "manterá a suspensão das autorizações e permissões que foram impostos nas operações de transporte aéreo de passageiros e passageiras em voos diretos".

A Argentina vem registrando alta nos números de casos e de mortes por Covid especialmente na província de Buenos Aires. Ao todo, o país contabiliza mais de 1,9 milhão de contaminados e 47,9 mil óbitos provocados pelo coronavírus Sars-CoV-2. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA