Presidente eleito da Bolívia é alvo de atentado com dinamites

Porta-voz do partido informou que ninguém ficou ferido

Sede do MAS em La Paz foi alvo de ataque com dinamites
Sede do MAS em La Paz foi alvo de ataque com dinamites (foto: EPA)
07:40, 06 NovLA PAZ ZGT

(ANSA) - O porta-voz do partido Movimento para o Socialismo (MAS), Sebastian Michel, denunciou que a sede da sigla em La Paz, onde o presidente eleito Luis Arce estava reunido com aliados, foi alvo de um atentado com dinamites na noite desta quinta-feira (5).

Em entrevista à TV "Red Uno", Michel informou que Arce não sofreu nenhuma lesão, mas que todos "estão muito preocupados pelas coisas que aconteceram recentemente". Além do ataque, manifestações bloquearam estradas em Santa Cruz protestando contra os resultados das eleições de 18 de outubro.

O porta-voz ainda reclamou que não houve manifestações em defesa da segurança de Arce por parte do ministro do Interior, Arturo Murillo, e que eles se sentem "abandonados, sem nenhuma proteção porque ninguém dá garantia de proteção para as autoridades eleitas".

O ex-presidente Evo Morales, também do MAS, usou as redes sociais para condenar o "atentado contra a nossa campanha em La Paz". "Pequenos grupos tentam gerar um clima de confusão e violência, mas não conseguirão. Nós não cairemos em nenhuma provocação. Nossa revolução é pacífica e democrata", escreveu no Twitter.

Lucho derrotou, no primeiro turno, os candidatos da direita, Carlos Mesa e Luis Fernando Camacho. Ele obteve 55,1% dos votos e tomará posse neste domingo (8). (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA