Portal do Ministério da Saúde volta a mostrar dados integrais da pandemia

Mudança ocorreu após ordem do STF para a retomada

Portal do coronavírus do Ministério da Saúde voltou a ficar disponível de maneira completa
Portal do coronavírus do Ministério da Saúde voltou a ficar disponível de maneira completa (foto: Reprodução)
16:57, 09 JunSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O portal Coronavírus Brasil, mantido pelo Ministério da Saúde, voltou a mostrar na tarde desta terça-feira (09) as informações integrais da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no país.

A mudança segue a decisão ordenada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, anunciada na manhã de hoje.

Agora, o portal voltou a mostrar todas as informações suprimidas anteriormente, como os totais de contaminados, curados e vítimas desde o início da crise sanitária, os casos em acompanhamento e demais índices de incidência da doença por regiões e por estado.

Na noite da última sexta-feira (05), o site foi tirado do ar e ficou em manutenção até o fim da tarde de sábado (06). Quando retornou, continha apenas três informações: número de curados, de vítimas e de casos das últimas 24 horas. Todas as demais estatísticas haviam sumido.

A mudança na publicação causou uma indignação geral, tanto entre políticos, como entre a comunidade científica e a imprensa. A acusação era de que o governo estava querendo maquiar os dados apresentados.

Por sua vez, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que a mudança se deu para dar uma "melhor visão" de como estava a crise sanitária no momento, já que no modelo antigo havia a divulgação de dados que não eram referente apenas às 24 horas anteriores - mas somavam todos os casos adicionados no sistema nos dias anteriores que não haviam sido contabilizados ainda pelo Ministério da Saúde.

Pazuello ainda afirmou que está sendo desenvolvida uma nova plataforma para "melhorar" a divulgação das informações. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA