Primeiras 120 mil doses da Coronavac chegam a SP

Aplicação ainda depende de conclusão de testes e aval da Anvisa

Chegada de doses da Coronavac em São Paulo
Chegada de doses da Coronavac em São Paulo (foto: EPA)
13:02, 19 NovSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - As primeiras 120 mil doses da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac desembarcaram na manhã desta quinta-feira (19) no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

A chamada Coronavac está sendo testada em parceria com o Instituto Butantan, que tem um acordo para produzir o imunizante no Brasil. A chegada da vacina foi acompanhada pelo governador João Doria, pelo secretário de Saúde Jean Gorinchteyn e pelo diretor do Butantan, Dimas Covas.

O governo de São Paulo já garantiu a compra de 46 milhões de doses da Coronavac, sendo que 6 milhões devem chegar até o fim de dezembro. No entanto, a terceira fase dos estudos clínicos da vacina ainda não foi concluída.

Somente após essa etapa a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) poderá dar autorização para seu uso no Brasil. Doria chegou a dizer que a vacinação começaria em 15 de dezembro, mas agora o Butantan fala em meados de janeiro ou fevereiro. (ANSA) 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA