Brasil tem 175,2 mil mortes e 6,48 milhões de casos de Covid

Dados foram divulgados hoje pelo Ministério da Saúde

Festa em escola de samba no Rio de Janeiro
Festa em escola de samba no Rio de Janeiro (foto: EPA)
19:00, 03 DezSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O total de mortes no país pelo novo coronavírus (Covid-19) chegou a 175.270. Nas últimas 24 horas, foram registrados 755 novos óbitos. Ontem (2), o sistema do Ministério da Saúde apontava 174.515 óbitos. Ainda há 2.174 mortes em investigação.

O número de casos da covid-19 desde o início da pandemia atingiu 6.487.084. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde acresceram às estatísticas 50.434 novos diagnósticos positivos.

Ontem, o painel do MS marcava 6.436.650 casos acumulados.

Os dados foram apresentados em entrevista no Ministério da Saúde, hoje (3). Eles foram atualizados até as 16h desta quinta-feira (3). Os totais são resultado da consolidação de informações enviadas pelas secretarias estaduais da Saúde.

Ainda conforme a atualização do órgão, há 586.804 pacientes em acompanhamento. Outras 5.725.010 pessoas já se recuperaram da doença.

Normalmente, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias estaduais da Saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizados.

Estados -

São Paulo é o estado com o maior número de mortes (42.637), seguido por Rio de Janeiro (22.891), Minas Gerais (10.187), Ceará (9.657) e Pernambuco (9.098). As unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (730), Roraima (739), Amapá (819), Tocantins (1.173) e Rondônia (1.586).

Hoje, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a vacina CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, será aplicada na população paulista em janeiro de 2021.

A vacina ainda está na terceira fase de teste, em que a eficácia precisa ser comprovada antes de ser liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Fonte: Agência Brasil (ANSA).

   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA