Doria anuncia retorno de Miami após vice testar positivo

Governador de SP havia tirado licença de 10 dias
Governador de SP havia tirado licença de 10 dias (foto: EPA)
15:48, 23 DezSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Poucas horas depois de desembarcar em Miami, nos Estados Unidos, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que vai voltar ao Brasil após seu vice, Rodrigo Garcia, ser diagnosticado com o novo coronavírus (Sars-CoV-2). 

"Acabo de receber a notícia de que o vice-governador, Rodrigo Garcia, testou positivo para Covid-19. Por conta disso, estou cancelando minha licença e retorno ainda hoje para SP para seguir o trabalho à frente do Governo de SP. Desejo pronta recuperação ao Rodrigo Garcia", escreveu Doria em sua conta no Twitter.

Em nota, o governo de São Paulo disse que Doria desistiu das férias com a família na Flórida, onde chegou hoje, assim que tomou conhecimento que Garcia foi contaminado.

Doria decidiu tirar 10 dias licença e viajou para Miami, nos Estados Unidos, onde ficaria até o próximo dia 2 de janeiro para passar o período de festas com a família.

A viagem, porém, viralizou nas redes sociais e foi alvo de críticas de aliados do presidente Jair Bolsonaro. A repercussão fez o nome da cidade americana ser o assunto mais comentado no Twitter.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, publicou em sua conta no Twitter que a atitude do governador de SP é "um desrespeito".

"Doria embarcou de madrugada para Miami. Teria problema nenhum, se não fosse o fato dele decretar restrições em SP para o Natal.Isso não é só hipocrisia, é desrespeito com a fé alheia. Lockdown para você, viagem para mim", escreveu.

O governador anunciou seu período de licença logo depois de decretar o endurecimento da quarentena em todo o estado durante as celebrações do Natal e Ano Novo. As medidas serão de "fase vermelha", com o funcionamento apenas de comércios essenciais, como farmácias, padarias e mercados, o que restringirá o funcionamento de restaurantes e bares.

"Trabalhei ininterruptamente ao longo de 2020, sacrificando o convívio familiar, especialmente com a Bia, minha esposa", justificou ele no Twitter, na ocasião. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA