Butantan recebe IFA para mais 5 milhões de doses da Coronavac

Carga era para ter chegado em São Paulo em 8 de abril

Doses da vacina Coronavac em São Paulo, em foto de arquivo
Doses da vacina Coronavac em São Paulo, em foto de arquivo (foto: EPA)
09:50, 19 AbrSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Chegou a São Paulo nesta segunda-feira (19) uma carga de matéria-prima para a vacina Coronavac suficiente para produzir mais 5 milhões de doses do imunizante.

Desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, a Coronavac é produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, ligado ao governo do estado de São Paulo, e é a vacina-anti-Covid mais usada no país até o momento.

Importados da China, os 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA) chegaram ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, às 6h13 da manhã, em um voo da companhia Turkish Airlines.

A chegada da carga foi acompanhada pelo governador João Doria, pelo secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, e pelo presidente do Butantan, Dimas Covas. "Com isso, vamos chegar a 46,4 milhões de doses da vacina", disse Doria.

O novo lote de IFA, no entanto, era para ter chegado em São Paulo em 8 de abril, o que deve atrasar as entregas de vacinas prometidas para este mês. O primeiro contrato com o Butantan com o Ministério da Saúde prevê 46 milhões de doses até o fim de abril, sendo que 40,7 milhões já foram disponibilizadas.

Um segundo acordo com o governo federal prevê a entrega de mais 54 milhões de doses até setembro. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA