Brasil tem mais 48.013 casos e 1.344 mortes na pandemia de Covid

Brasil tem mais 48.013 casos e 1.344 mortes na pandemia
Brasil tem mais 48.013 casos e 1.344 mortes na pandemia (foto: ANSA)
19:10, 28 JulSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O Brasil registrou mais 1.344 mortes e 48.013 casos de Covid-19 no último período de 24 horas, elevando o total de óbitos e contágios para 553.179 e 19.797.086, respectivamente. Os dados constam no balanço divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

O novo boletim mantém o Brasil como o segundo país do mundo com mais mortes causadas pela Covid-19, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro com mais casos desde o início da emergência sanitária.

A taxa de incidência continua a subir e está em 9.420,6 a cada 100 mil habitantes, enquanto que o índice de letalidade da doença está estável em 2,8%, sendo o Rio de Janeiro o estado com o maior taxa, 5,8%.

O estado de São Paulo mantém a liderança absoluta nos dois rankings, com 4.027.062 contaminações e 138.101 vítimas. Hoje, o governador de SP, João Doria, decidiu, mais uma vez, antecipar o calendário de vacinação contra a Covid-19.

O objetivo é terminar de vacinar toda a população adulta do estado com ao menos a primeira dose de imunizante até o dia 16 de agosto, quatro dias antes do inicialmente previsto, e iniciar a vacinação de adolescentes com idade acima de 12 anos no dia 18 de agosto.

Segundo Doria, a antecipação do calendário será possível porque o estado adquiriu doses extras do imunizante CoronaVac do laboratório chinês Sinovac.

Mais de 35 milhões de doses de imunizantes foram aplicadas em todo o estado e 76% da população com idade acima de 18 anos está imunizada ao menos com a primeira dose. Até agora, 21% da população do estado completou o esquema vacinal.

Além do território paulista, seis outros estados brasileiros superaram a marca de 1 milhão de infecções pelo novo coronavírus: Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia, Santa Catarina e o Rio de Janeiro. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA