Sem dados de 2 estados, Brasil registra 731 mortes por Covid

Acre e Roraima não atualizaram informações sanitárias

Mortes no Brasil voltaram a subir na média móvel
Mortes no Brasil voltaram a subir na média móvel (foto: ANSA)
18:27, 14 SetSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - Mesmo sem os dados atualizados dos estados do Acre e de Roraima, o Brasil registrou 731 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 587.797 as vítimas da pandemia no país, informou o Conselho Nacional de Secretários de Estado (Conass) nesta terça-feira (14).

Pelo segundo dia consecutivo, há um aumento na média móvel de mortes nos últimos sete dias. Segundo o Conass, ela está em 518 nesta terça - eram 465 na segunda. A taxa de letalidade da doença continua em 2,8% e o Rio de Janeiro é o que tem o índice mais elevado, em 5,5%.

Já os casos somaram 13.406, elevando para 21.019.830 os contágios desde o início da crise sanitária. A média móvel de contaminações dos últimos sete dias continua apresentando queda - que ocorre desde 18 de agosto - e está em 15.179 (eram 15.213 na segunda).

Na análise dos valores totais, São Paulo continua como o que mais registra contágios (4.301.525) e mortes (147.444). A taxa de letalidade no estado é de 3,4%.

Na sequência, na quantidade de casos, aparecem Minas Gerais (2.098.724), Paraná (1.481.268), Rio Grande do Sul (1.420.827), Bahia (1.226.941), Santa Catarina (1.167.468) e Rio de Janeiro (1.159.801).

Na análise no número total de vítimas, a segunda posição está com o Rio de Janeiro, que contabiliza 64.077, seguido por Minas Gerais (53.732), Paraná (38.163) e Rio Grande do Sul (34.510).

Conforme a última atualização do Ministério da Saúde, ocorrida às 15h03 desta terça, o Brasil tem mais de 139 milhões de pessoas que tomaram a primeira dose das vacinas e 74,9 milhões que completaram o ciclo vacinal. Ao todo, foram aplicadas mais de 214 milhões de doses. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA