República Dominicana fecha fronteira com Haiti

Jovenel Moise foi assassinado em sua residência oficial
Jovenel Moise foi assassinado em sua residência oficial (foto: EPA)
10:46, 07 JulSANTO DOMINGO ZLR

(ANSA) - O presidente da República Dominicana, Luis Abinader, ordenou o imediato fechamento da fronteira com o Haiti por conta do assassinato do mandatário Jovenel Moise, que era alvo de protestos havia vários meses e de contestações à legitimidade de seu mandato.

A República Dominicana é o único país que faz fronteira terrestre com o Haiti, nação mais pobre das Américas e assolado por recorrentes crises políticas.

Segundo a imprensa local, Abinader convocou seu principais comandantes militares para definir as estratégias em relação ao Haiti e ordenou o reforço da segurança na divisa entre os dois países.

Moise, 53 anos, foi assassinado a tiros dentro da residência oficial da Presidência, enquanto sua esposa, a primeira-dama Martine Moise, chegou a ser hospitalizada com ferimentos a bala, mas também não resistiu e morreu.

De acordo com o primeiro-ministro interino Claude Joseph, o crime foi cometido por um comando armado formado por "estrangeiros que falavam inglês e espanhol".

Joseph, que seria substituído no cargo de premiê nesta semana, disse ter assumido o posto de presidente interinamente. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA