Frei Betto diz que Fidel admira papa Francisco

Religioso brasileiro se reuniu com ex-líder cubano

Fidel Castro, de 88 anos, elogiou o papa Francisco durante encontro com o brasileiro Frei Betto
Fidel Castro, de 88 anos, elogiou o papa Francisco durante encontro com o brasileiro Frei Betto (foto: EPA)
20:19, 29 JanHAVANA ZBF

(ANSA) - O religioso e teólogo brasileiro Frei Betto afirmou que o ex-presidente cubano Fidel Castro sente uma "profunda admiração" pelo papa Francisco, que foi um dos mediadores do acordo que retomou as relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba. Betto se reuniu recentemente com Fidel, em Cuba, de acordo com a imprensa local.

No encontro, o ex-líder cubano teria demonstrado ao brasileiro sua simpatia pelo Pontífice. "Betto, que foi recebido pelo Papa no Vaticano, afirmou que, durante o encontro afetuoso com Fidel, discutiram vários temas, entre eles a reunião com o Pontífice, por quem Fidel nutre uma profunda admiração", escrever o jornal Granma.

O brasileiro também destacou que Fidel, de 88 anos, "desfruta de ótima saúde". "Para tristeza de seus inimigos, o comandante Fidel desfruta de ótima saúde e muito bom humor", disse Betto. Após renunciar ao cargo de presidente de Cuba em 2008, Fidel tem se mantido fora dos holofotos, o que gera polêmicas sobre seu estado de saúde.

Em dezembro, o atual líder cubano, Raúl Castro, e o presidente norte-americano, Barack Obama, anunciaram um acordo histórico que colocou fim ao congelamento das relações entre os dois países.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en