Fidel elogia encontro entre Francisco e Cirilo I

Segundo ele, reunião aumentou esperança em todo o mundo

Fidel elogia encontro entre Francisco e Cirilo I (foto: EPA)
15:39, 15 FevHAVANA ZSG

(ANSA) - O ex-presidente cubano Fidel Castro disse que o histórico encontro entre o papa Francisco e o patriarca de Moscou, Cirilo I, na semana passada em Havana "aumentou a esperança de todos os povos do mundo".
   
Em artigo publicado na imprensa cubana, Fidel declarou que "impedir a mais brutal das guerras que pode ser desatada tem sido, sem dúvidas, o objetivo fundamental do esforço dos líderes religiosos das Igrejas dirigidas por homens como o papa Francisco e sua santidade Cirilo".
   
Após o encontro, os religiosos emitiram uma declaração de 30 pontos rechaçando guerras, conflitos, violência contra religiosos e a pobreza.
   


   
O ex-mandatário cubano ainda recordou que "milhares de armas nucleares pendem sobre as cabeças da humanidade".
   
Segundo Fidel, lutar pela paz é "o dever mais sagrado de todos os seres humanos, qualquer que seja sua religião ou país de nascimento, a cor de sua pele, sua idade", etc.
   
Fidel se reuniu com o patriarca da Igreja Ortodoxa russa no último sábado (12), em Havana, um dia após o religioso ter um encontro histórico com o papa Francisco.
   
"Fidel recebeu palavras de reconhecimento do líder da Igreja Ortodoxa russa por sua importante contribuição ao fortalecimento da amizade entre os povos russo e cubano e pela difusão dos valores que os unem", disse um comunicado oficial do governo, publicado pela agência Prensa Latina. (ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA