Explosão em hotel de luxo em Havana mata 18 pessoas

Principal hipótese é de vazamento de gás

Fachada do Hotel Saratoga ficou destruída por explosão
Fachada do Hotel Saratoga ficou destruída por explosão (foto: EPA)
21:18, 06 MaiHAVANA ZLR

(ANSA) - Uma forte explosão atingiu nesta sexta-feira (6) um hotel no centro de Havana, capital de Cuba, e deixou pelo menos 18 pessoas mortas.

O Ministério da Saúde cubano especificou, segundo a agência de notícias Prensa Latina, que o número de feridos subiu para 74. De acordo com as informações, pode haver outros corpos embaixo dos escombros.

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, está no local para acompanhar as operações de resgate. A explosão ocorreu no Hotel Saratoga, inaugurado no século 19 e considerado um dos mais luxuosos da capital.

De acordo com o Granma, a principal hipótese é de vazamento de gás natural liquefeito (GNL) em um caminhão que prestava serviço para o prédio.

Em comunicado é indicado que o caminhão de gás liquefeito que esteve na origem da tragédia “oferecia um serviço regular com pessoal especializado no momento do acidente”.

"A investigação será conduzida por uma equipe multidisciplinar" e "à primeira vista não é claro que tenha ocorrido uma falha técnica no caminhão", diz a nota oficial.

A fachada do hotel foi destruída pela explosão, que também provocou danos na parte interna. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA