Cuba finaliza trabalhos de resgate em hotel em Havana

Ministério informou que ao menos 45 pessoas morreram na explosão

Processo de remoção de entulhos será realizado na área do hotel
Processo de remoção de entulhos será realizado na área do hotel (foto: EPA)
10:36, 13 MaiHAVANA ZRS

(ANSA) - As autoridades de Cuba anunciaram a conclusão dos trabalhos de busca pelas vítimas da explosão no luxuoso Hotel Saratoga, em Havana, que terminaram com um saldo de 45 mortos.

De acordo o último balanço oficial divulgado pelo Ministério da Saúde de Cuba, a tragédia ainda deixou quase 100 pessoas feridas. Além disso, a pasta informou que 15 indivíduos ainda permanecem hospitalizados.

Durante as últimas 24 horas, as equipes de resgate se concentraram na busca de uma pessoa. Guiados por informações fornecidas por funcionários do local, os socorristas acharam nos escombros o corpo de uma mulher.

Com a conclusão das operações de salvamento, realizadas continuamente durante seis dias pelos bombeiros e outras equipes de emergência, será realizada a remoção de entulhos na área onde ocorreu a explosão.

De acordo com as autoridades cubanas, a explosão foi atribuída a um vazamento de gás. As dramáticas cenas geradas pela tragédia no Hotel Saratoga deixaram os havaneses preocupados, tanto que um incidente semelhante aconteceu em uma residência e deixou três pessoas feridas.

Em virtude da tragédia, o governo cubano declarou luto oficial em todo o país das 6h de hoje (13) até a meia-noite do dia 15.
(ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA