Deputados do México aprovam legalização do uso da maconha

Medida precisa anda ser sancionada pelo presidente

Medida agora será sancionada pelo presidente do país
Medida agora será sancionada pelo presidente do país (foto: ANSA)
13:03, 11 MarCIDADE DO MEXICO ZGT

(ANSA) - A Câmara dos Deputados do México aprovou na noite desta quarta-feira (10) a lei que libera a legalização do uso da maconha para fins medicinais e recreativos no país por 316 votos a favor, 129 contrários e 23 abstenções. A legislação agora vai para a sanção do presidente Andrés Manuel López Obrador.

A nova lei permite, entre outros pontos, o cultivo para uso próprio de até oito pés de cannabis, a produção industrial e o porte de até 28 gramas de maconha por pessoa. Entre as proibições, estão o veto ao consumo em locais de trabalho e menores de 18 anos não podem ter acesso à maconha.

Em entrevista ao jornal local "Jornada", o vice-coordenador do partido governista Morena, Pablo Gómez, afirmou que esse "é um grande primeiro passo para superar os anos de proibição, que se deveram a julgamentos e dogmatismos reacionários" que levaram o país à "violência, perseguição e corrupção".

Segundo a sigla, a liberação do "uso recreativo" é uma questão de saúde pública e não de criminalização porque "revogar a proibição não significa encorajar o consumo".

O México é um dos países que mais sofrem com o tráfico internacional de drogas e registram milhares de mortes por ano por conta de guerras entre criminosos. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA