Turismo no Mali aumenta com filme indicado ao Oscar

"Timbuktu" concorreu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro

Mali é um país misterioso e um dos mais pobres da África (foto: Ansa)
17:44, 25 FevROMA ZAR

(ANSA) - Graças ao filme "Timbuktu", indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2015, o Mali está reabrindo as suas portas para o turismo.

Há cerca de um ano, a cidade de Timbuctu respira certa tranquilidade e segurança após ter passado por recentes ocupações de extremistas islâmicos do Al Qaeda e de intervenções armadas francesas.

O ambiente da região esconde histórias e tradições ricas, além de belezas arquitetônicas, como antigos portais, as casas dos primeiros exploradores e as três principais mesquitas locais: Djinguereber, Sidi Yahiya e Sankoré.

O mistério da região, conhecida como "porta para o Saara", é ampliado pelo silêncio e a falta de pessoas pelas ruas.

Os tuaregues, tribos nômades do deserto, também "contribuem para a fama da cidade com o seu charme misterioso, com os belos turbantes azuis cobalto e celeste", disse a responsável pela agência de viagens Kanaga Tours, Caterina Manca di Villahermosa.

Ela também disse que a região "é realmente a porta do deserto, distante de tudo, perdida no fim de uma belíssima estrada de terra batida, entre falésias rochosas erodidas pelo vento". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA