Com mostra de Sebastião Salgado, Expo celebra Dia do Café

As fotos serão exibidas nos EUA após a feira ser encerrada

Com mostra de Sebastião Salgado, Expo celebra Dia do Café
Com mostra de Sebastião Salgado, Expo celebra Dia do Café (foto: Ansa)
20:56, 06 OutROMA

(ANSA) - A Expo Milão 2015 celebrou o Dia Mundial do Café - comemorado todo 1 de outubro -- com a exibição de imagens do fotojornalista brasileiro Sebastião Salgado, que retrata trabalhadores em uma plantação do grão. A mostra foi organizada no cluster do Café e será exibida nos EUA após a feira universal ser encerrada, no fim de outubro. "Da Terra para o Copo" retrata as pessoas na indústria, e foca em temas como a agricultura sustentável e a luta contra a fome mundial com o slogan "Alimentando o Planeta, Energia para a vida". As fotos foram tiradas em um período de 12 anos, de 2002 até 2014, em 10 países produtores de café, sendo eles Brasil, Índia, Indonésia, Etiópia, Guatemala, Colômbia, China, Costa Rica, El Salvador e Tanzânia. O presidente e CEO da Illy, Andrea Illy, é o curador do cluster do Café na Expo. "Milhões de pessoas no mundo sobrevivem graças ao café. Nós queríamos contar a história desse mundo, que produz 500 bilhões de copos de café consumidos todos os anos, incluindo 700 milhões em apenas um dia na Europa", disse Salgado na abertura da exibição. O fotojornalista, por sua vez, que a agricultura e reflorestamento são assuntos chave que devem ser discutidos na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança de Clima, que ocorrerá em Paris de 30 novembro a 11 de dezembro. Diversos outros eventos foram organizados para celebrar a data na Expo, incluindo debates, shows e exibições que contaram com a presença de especialistas, como o economista norte-americano Jeffrey Sachs. Iniciativas incluíram a "Coffee 4Chance", realizada pela Oxfam e pela Organização Internacional de Café (ICO), em cooperação com os organizadores da feira universal e os produtores Illy e Lavazza. Além disso, a multinacional Nestlé afirmou que irá investir cerca de 320 milhões de euros durante 10 anos em um projeto para aumentar a produção global de café com uma base sustentável e com respeito ao meio-ambiente.
    O chamado plano Nescafè foi anunciado no Dia do Café na Expo e prevê a distribuição de 220 milhões de plantas resistentes e de alto rendimento até 2020 através de parcerias públicas e privadas e treinamento de 10 mil fazendeiros todos os anos.
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA