Histórica pizzaria de Nápoles processa Google

O restaurante aparecia como "fechado permanentemente"

A pizzaria irá pedir uma indenização de um milhão de euros
A pizzaria irá pedir uma indenização de um milhão de euros (foto: Divulgação/Campionato Mondiale della Pizza)
17:39, 27 JunNÁPOLES ZAR

(ANSA) - A histórica pizzaria napolitana Brandi abriu uma ação judicial contra o Google pelo fato de o site de buscas a mostrar com o status de "fechada permanentemente", o que tem afastado muitos clientes nos últimos tempos.
   

O erro ficou no ar por pelo menos 10 dias, mas foi o suficiente para que o advogado e fundador do site noiconsumatori.it, Angelo Pisani, abrisse uma ação de indenização contra a multinacional "pelos graves danos causados à imagem de um dos maiores símbolos de Nápoles no mundo".
   

A informação só foi corrigida após muitos internautas e clientes reclamarem com o Google. "Se trata de um erro difícil de ser reparado e que se propagou como um maremoto", disse Pisani, que pede um ressarcimento de 1 milhão de euros. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA