Museu de Florença perde 10 milhões de euros com quarentena

As Gallerie degli Uffizi estão fechadas há um mês e meio

As Gallerie degli Uffizi estão fechadas desde 8 de março
As Gallerie degli Uffizi estão fechadas desde 8 de março (foto: ANSA)
14:40, 20 AbrFLORENÇA ZLR

(ANSA) - As Gallerie degli Uffizi, em Florença, perderam mais de 10 milhões de euros em um mês e meio de paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (20) pelo diretor do principal museu de arte renascentista do mundo, Eike Schmidt, durante uma coletiva de imprensa online com correspondentes estrangeiros na Itália.

"Em cerca de dois meses de paralisação, perdemos alguns milhões de visitantes e mais de 10 milhões de euros", disse. De acordo com números oficiais, as Gallerie degli Uffizi faturaram 35,1 milhões de euros e receberam 4,4 milhões de visitantes em 2019. O museu é o mais frequentado de toda a Itália.

Apesar da queda nas receitas, Schmidt garante que os Uffizi têm "costas largas" e podem suportar até "três meses" de fechamento.

"Ninguém perdeu o trabalho. Todos estão em casa, envolvidos em projetos de trabalho inteligente. Todas as mostras programadas serão realizadas, não cancelaremos uma única exposição sequer", declarou. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA