Festival de Veneza será realizado com menos filmes

Medida foi adotada em decorrência da emergência da Covid-19

Evento também será feito respeitando as medidas de distanciamento social
Evento também será feito respeitando as medidas de distanciamento social (foto: Ansa)
08:55, 07 JulVENEZA ZRS

(ANSA) - Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a 77ª edição da Mostra Internacional de Arte Cinematográfica da Bienal de Veneza, que acontecerá entre os dias 2 e 12 de setembro, precisará ter uma quantidade menor de filmes.

A organização do evento adotou a medida após os protocolos de saúde impostos pela emergência da Covid-19. Além da diminuição de filmes que serão apresentados, o Festival de Veneza também respeitará as medidas de distanciamento social.

A mostra, uma das mais importantes do mundo cinematográfico, é dividida em diferentes seções. A "Venezia 77", evento principal cuja premiação é o Leão de Ouro, está prevista para acontecer normalmente, bem como as categorias "Horizontes" e "Fora de Competição".

O "Venice Virtual Reality", que apresenta filmes de realidade virtual, será realizado online. Já o "Clássicos de Veneza", que recebe uma seleção das melhores restaurações de longas antigos, deverá ser feito em Bolonha, entre os dias 25 e 31 de agosto.

Já a seção "Sconfini", que separa uma série de obras sem vínculos de gênero, duração e proposta, não deverá ser realizada, com o objetivo de garantir um maior número de assentos disponíveis para os filmes das outras categorias.

As novidades da próxima edição do Festival de Veneza serão apresentadas em 28 de julho.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA