Músico italiano Raoul Casadei morre de Covid-19

Cantor é mais uma das mais de 100 mil vítimas da doença no país

Raoul Casadei era considerado o 'rei do liscio', dança de salão típica da Emilia-Romagna
Raoul Casadei era considerado o 'rei do liscio', dança de salão típica da Emilia-Romagna (foto: ANSA)
09:36, 13 MarCESENA ZLR

(ANSA) - Morreu neste sábado (13), aos 83 anos de idade, o músico e compositor italiano Raoul Casadei, mais uma das mais de 100 mil vítimas da Covid-19 no país.

O artista estava internado desde 2 de março em um hospital de Cesena, na Emilia-Romagna. Casadei era considerado o "rei do liscio", uma dança de salão típica dessa região do norte da Itália, e foi o líder a Orquestra Casadei, fundada em 1928 por seu tio Secondo Casadei.

Hoje o grupo, maior ícone do liscio e responsável por difundir a música romagnola no país e no mundo, é comandada por Mirko Casadei, filho de Raoul.

"Foi com grande tristeza que fiquei sabendo da morte de Raoul Casadei. Ele era um personagem extraordinário, um compositor que, com grande profissionalismo, levou uma mensagem musical profundamente arraigada na tradição para a Itália e o mundo", disse o governador da Emilia-Romagna, Stefano Bonaccini. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en