Obra em Florença simboliza 'ferida' causada por Covid na cultura

Obra foi criada pelo artista francês JR (foto: ANSA)
19:14, 22 MarFLORENÇA ZCC

(ANSA) - O artista contemporâneo francês Jean René, conhecido pelo pseudônimo de JR, criou uma impressionante ilusão de ótica na fachada do Palazzo Strozzi, em Florença, para refletir sobre o colapso dos setores artístico e cultural provocado pela pandemia do novo coronavírus.

A obra simula uma lacuna gigante de quase 28 metros de altura e 33 metros de largura e foi batizada de "La Ferita". O objetivo é recriar uma visão imaginária parcial do interior do Palazzo renascentista através de um trabalho de colagem fotográfica em preto e branco.

"Dizem que os museus estão fechados. Mas cabe a nós abri-los. Aqui está Florença, a cidade de Boticelli, Donatello, Maquiavel e Dante, abrimos o Palazzo Strozzi", escreveu o artista em seu Instagram, junto com uma foto da obra.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por JR (@jr)

A ideia da ilusão de ótica é deixar claro o profundo impacto da Covid-19 na cultura, mas também de provocar uma reflexão que nem todas as feridas doem, algumas revelam a beleza escondida sob a superfície.

"É um prazer estar aqui. Esta obra desperta tantas coisas em todos nós e o que me interessa é que cada um a interprete a partir da sua história, cada um terá uma leitura diferente. Uma obra deste gênero fica por alguns meses, mas a sua imagem vai ficar na cabeça das pessoas no futuro e eu acho que, mesmo quando não estiver mais lá, as pessoas que viram vão ir ver o que há por trás daquele muro", afirmou JR.

Para Arturo Galansino, diretor da Fundação Palazzo Strozzi, "na atual dificuldade de oferecer oportunidades para a fruição da arte em espaços tradicionais, a escolha de criar uma obra visível para qualquer pessoa na fachada torna-se um convite a redescobrir uma relação direta com arte e um apelo a novas formas de partilha e participação". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA