Ator Paulo Gustavo morre por complicações da Covid-19

Comediante estava internado no Rio de Janeiro desde março

O comediante Paulo Gustavo tinha 42 anos de idade
O comediante Paulo Gustavo tinha 42 anos de idade (foto: Reprodução )
18:57, 05 MaiSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O ator Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (4), aos 42 anos de idade, em decorrência de complicações do novo coronavírus. O humorista, um dos artistas mais populares do país, estava internado desde o dia 13 de março em um hospital em Copacabana, no Rio de Janeiro.

O comediante tinha apresentado algumas melhoras significativas, mas o seu estado de saúde piorou no domingo (2) por conta de uma embolia pulmonar. Ontem (4), um boletim médico informou que o quadro de Paulo Gustavo era irreversível.

"Às 21h12 desta terça-feira, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da Covid-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento. A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos", disse um comunicado.

Após o anúncio da morte do comediante, inúmeras celebridades e fãs publicaram homenagens para Paulo Gustavo nas redes sociais. Natural de Niterói, o ator deixou o marido, Thales, e dois filhos pequenos, Gael e Romeu.

Paulo Gustavo ficou famoso pela personagem Dona Hermínia, que se inspirou em sua mãe, Déa Lúcia Amaral, para criá-la. O longa "Minha mãe é uma peça: O filme" (2013), que teve duas continuações, foi um enorme sucesso. O último da trilogia, lançado em 2019, foi a comédia com maior público da história do cinema do país, com mais de 11,5 milhões de espectadores.

O artista também se destacou pelas participações nos filmes "Minha vida em marte" (2018) e "Os homens são de Marte...e é para lá que eu vou" (2014). 

Funeral - 

O corpo do ator será cremado nesta quinta-feira (6), em cerimônia reservada à família e aos amigos mais próximos.

Segundo a assessoria de imprensa do artista, as informações de local e horário não serão divulgadas, para evitar aglomerações em meio à pandemia de Covid-19.


Homenagens em Niterói -

A prefeitura de Niterói publicou nota de pesar pela morte de Paulo Gustavo e decretou luto oficial de três dias. Aderindo ao chamado das redes sociais, a prefeitura convida a população da cidade a fazer um minuto de aplausos em memória do artista, hoje às 20h.

Há, ainda, a intenção de mudar o nome da Rua Coronel Moreira César, em Icaraí, para Rua Ator Paulo Gustavo. Para isso, a prefeitura lançou hoje uma consulta pública pela plataforma Colab, que fica aberta até sábado (8).

O coronel Moreira César foi um militar brasileiro nascido em Pindamonhangaba (SP) em 1850, que morreu em 4 de março de 1897 após ser ferido na campanha contra a comunidade de Belo Monte, na Bahia, no que ficou conhecido como Guerra de Canudos.  (ANSA - Com Agência Brasil)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en