Escritora da série 'As Sete Irmãs', Lucinda Riley morre aos 55 anos

Autora irlandesa lutava contra câncer há 4 anos

Autora irlandesa lutava contra câncer há 4 anos
Autora irlandesa lutava contra câncer há 4 anos (foto: Ansa)
15:40, 11 JunROMA ZCC

(ANSA) - A escritora irlandesa Lucinda Riley, considerada a "rainha" do romance pela série "As Sete Irmãs", faleceu nesta sexta-feira (11), aos 55 anos, em decorrência de um câncer.

A notícia foi confirmada em nota oficial divulgada pela família da autora. A data e o local do funeral não foram revelados.

"É com grande pesar que informamos que Lucinda faleceu esta manhã em paz, rodeada de uma família que era a coisa mais importante para ela", diz o comunicado.

De acordo com os familiares, a informação é "um choque terrível para muitas pessoas, que não sabiam que Dawn estava lutando contra um câncer nos últimos quatro anos".

Nascida em Lisburn, na Irlanda do Norte, em 1966, Riley mudou-se para Londres na adolescência para estudar teatro, mas logo depois começou a escrever, publicando seu primeiro romance em 1992.

Com mais de 30 milhões de cópias vendidas, seus livros tornaram-se best-sellers em todo o mundo. Além da série "As Sete Irmãs", publicada na Itália pela Giunti, Riley escreveu "A Sala das Borboletas", "A Rosa da Meia-Noite" , "A Casa das Orquídeas", entre outros livros de sucesso. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA