Em Veneza, Penélope Cruz elogia parceria com Almodóvar

Festival de cinema começa nesta terça, com filme do espanhol

Pedro Almodóvar e Penélope Cruz no Festival de Veneza
Pedro Almodóvar e Penélope Cruz no Festival de Veneza (foto: ANSA)
14:12, 01 SetVENEZA ZLR

(ANSA) - Protagonista de "Madres Paralelas", filme de Pedro Almodóvar que abre nesta quarta-feira (1º) a 78ª Mostra Internacional de Arte Cinematográfica de Veneza, Penélope Cruz falou com carinho sobre sua longa parceria com o cineasta espanhol e disse que sonhava em trabalhar com ele desde adolescente.

"Eu tinha 16 anos quando decidi ser atriz, e foi logo depois de ter visto 'Ata-me' [1990], esperando um dia trabalhar com Almodóvar", contou a estrela, que já trabalhou em sete filmes do diretor espanhol, incluindo "Madres Paralelas".

"Cada vez é um presente, o início de uma viagem intensa e atraente. Sempre que ele me propõe um papel, eu penso: 'Esse homem escreveu mais uma maravilha'. É inútil dizer que seu telefonema é o mais esperado", acrescentou a atriz.

Almodóvar, por sua vez, revelou que Penélope é a primeira em quem ele pensa quando escreve um personagem feminino de sua idade. "E eu sei que ela espera que tenha um papel para ela em todos os meus filmes. Não precisa me pressionar, me bombardear de telefonemas, ela sabe que eu penso nela", disse.

Segundo Penélope, a "grande sintonia" com Almodóvar está presente desde sua primeira parceria, em "Carne Trêmula" (1997). "Pedro trabalha totalmente a serviço de seu filme, fica concentradíssimo, você não o vê fazer outra coisa, ele constrói o filme como um artesão", declarou a atriz.

Em "Madres Paralelas", Penélope interpreta uma mulher solteira e de meia-idade, Janis, prestes a dar à luz. No hospital, Janis conhece Ana (Milena Smit), que também está grávida, porém assustada com a perspectiva de se tornar mãe, e as duas acabam compartilhando suas histórias e angústias.

"É talvez a personagem mais difícil que eu tenha interpretado", afirmou a atriz. Além de "Madres Paralelas", Penélope estará em cartaz no Festival de Veneza com "Official Competition", obra de Gastón Duprat e Mariano Cohn na qual ela contracena com Antonio Banderas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA