Festival de Veneza não registra casos de Covid em 1ª semana

Diretor comemora 'estado de graça' dos italianos com evento

Evento segue sem problemas sanitários, informou representante
Evento segue sem problemas sanitários, informou representante (foto: ANSA)
12:27, 06 SetVENEZA ZGT

(ANSA) - A 78ª edição do Festival de Cinema de Veneza não registrou nenhum caso de Covid-19 na primeira semana de evento, informou o presidente da Bienal, Roberto Cicutto, nesta segunda-feira (6).

Segundo o italiano, seis testes de participantes chegaram a dar positivo, mas a contraprova deu negativo. De qualquer maneira, os números seriam ainda muito pequenos, dado que a presença do público é maciça.

"Os credenciados são 60% a mais do que na última edição. Houve uma espécie de ataque, parece que voltamos no tempo três anos", disse Cicutto referindo-se a grande procura para participar do evento.

Em números, o Festival informou que, até 5 de setembro, 23.713 ingressos foram vendidos - contra 13.162 em 202 e 28.741 até o fim da mostra de 2019 - e 9.800 foram credenciados (6.908 em 2020 e 12.800 em 2019). Além disso, há muito mais jornalistas estrangeiros cobrindo o evento - e apenas 10% dos credenciados informaram não estarem vacinados.

 "Para trás, nós não andaremos mais. Só para frente e para as melhorias", acrescentou o animado diretor do Festival, Alberto Barbera.

Sobre a presença de italianos no evento, o representante lembrou que há cinco filmes "de alta qualidade" do país na disputa pelo Leão de Ouro e que os cidadãos "vivem um estado de graça" durante o evento.

O Festival de Cinema começou no dia 1º de setembro e segue até o próximo dia 11 em Veneza. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA