Academia 'condena ações de Will Smith' no Oscar e abre análise

Ator deu um tapa na cara do comediante Chris Rock

Ator deu um tapa na cara do comediante Chris Rock (foto: AFP)
18:35, 28 MarNOVA YORK ZCC

(ANSA) - A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas condenou nesta segunda-feira (28) a agressão do ator norte-americano Will Smith na noite da cerimônia do Oscar e anunciou que vai iniciar uma revisão formal do tapa dado na cara do comediante Chris Rock.

Em comunicado, a entidade reforçou que analisará o caso para examinar a possibilidade de novas medidas de acordo com as regras internas.

"A Academia condena as ações do Sr. Smith no show de ontem à noite. Iniciamos oficialmente uma revisão formal em torno do incidente e exploraremos outras ações e consequências de acordo com nossos Estatutos, Padrões de Conduta e a lei da Califórnia", diz o texto.

Na cerimônia de premiação, Rock havia subido para anunciar o prêmio de melhor documentário e, na introdução, fez uma piada com a cabeça raspada de Jada Pinkett-Smith, dizendo que ela podia atuar na continuação da personagem de Demi Moore em "Até o limite da honra", filme de 1997.

Jada ficou visivelmente sem graça, já que está com a cabeça raspada porque sofre de alopecia e tem constante perda capilar.

Nesse momento, Smith levantou de sua cadeira, subiu ao palco e deu um tapa no rosto do apresentador.

A princípio, houve dúvidas se aquilo havia sido combinado ou não. Mas, emissoras internacionais que transmitiam a cerimônia mostraram Will Smith gritando "mantenha o nome da minha esposa longe da porra da sua boca" visivelmente irritado.

No intervalo, o ator Denzel Washington foi até Will Smith para conversar. A apresentação seguiu e, pouco tempo depois, o ator foi anunciado como o vencedor da categoria por sua atuação em "King Richard - Criando Campeãs". No discurso, pediu desculpas à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas pelo ocorrido.

A entidade, por sua vez, havia se limitado apenas a dizer que "não tolera qualquer forma de violência".

Segundo a imprensa local, funcionários da Academia e membros de seu Conselho estão reunidos na tarde desta segunda em uma sessão de emergência convocada para avaliar a reação ao tapa dado por Smith.

O jornal Hollywood Reporter informou que "é possível que sanções e talvez a suspensão da Academia venha a acontecer, mas a retirada do prêmio de melhor ator é improvável". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA