Chefe Stefano Negro apresenta culinária do Vale d'Aosta

Até 31 de outubro, cozinheiro estará na Osteria del Pettirosso

O chefe de Stefano Negro está na Osteria Petirosso
O chefe de Stefano Negro está na Osteria Petirosso (foto: Ansa)
20:39, 28 OutSÃO PAULO ZAR

(ANSA) - Grande estudante da Escola de Hotelaria e Restaurantes de Varallo Sesia, na região italiana do Piemonte, Stefano Negro é um dos maiores chefes do Vale d'Aosta na atualidade.

 

O italiano, que trabalha nas cozinhas do Bellevue Hotel e Spa, na cidade de Cogne, e que iniciou sua carreira com os grandes Sergio Sesone e Fabio Icovone, está agora mostrando todo seu talento na cidade de São Paulo.

 

O motivo é a 4ª Settimana della Cucina Regionale Italiana, evento que, até o dia 31 deste mês, reúne 20 chefes de todas as regiões da Itália, cada um deles hospedado em um restaurante da capital paulista e responsável por criar um menu especial de acordo com os produtos típicos da sua região.

 

No caso de Negro, quem for à Osteria del Pettirosso, nos Jardins, poderá provar um cardápio bastante tradicional do noroeste do país europeu. Após entradas com destaque a legumes e vegetais frescos, será servido como primeiro prato massa com tomates, favas verdes, queijo derretido e croutons de pão caseiro ou talharim fresco ao molho de presunto cru.

 

Para o segundo prato, o chefe propõe cozido de carne bovina com legumes e polenta ou escalope de vitelo com presunto e queijo fontina, acompanhado de legumes assados. Já as opções de sobremesa são um pudim de creme de leite e chocolate com biscoitos "tegole" ou uma sopa fria de frutas vermelhas com sorvete artesanal de creme.

 

Os preços dessa grande e deliciosa refeição são de R$ 85 no almoço e R$ 135 no jantar. Em entrevista à ANSA, Negro fala da importância da variedade dos ingredientes na preparação de pratos regionais, tanto na Itália quanto no Brasil, além de ressaltar que as montanhas são elementos de grande valor quando se fala da gastronomia valdostana.

 

ANSA: Qual a peculiaridade da gastronomia italiana? O que a caracteriza?

 

Negro: Eu acredito que o que caracteriza a cozinha italiana é a grande variedade de ingredientes e preparações para a realização dos pratos, que, dependendo das áreas geográficas de origem, podem ser muito nutritivos e típicos de montanhas ou leves, frescos e apetitosos.

 

ANSA: Quais os principais elementos da cozinha do Vale d' Aosta?

 

Negro: Os principais elementos da culinária valdostana são o convívio, a divisão de recursos e a preparação adaptada para suportar o rigor e as dificuldades da vida na montanha

 

ANSA: E quais os ingredientes típicos da região?

 

Negro: Os ingredientes principais são, sem dúvida, o queijo fontina, a mocetta (um tipo de salame), banha de porco, polenta e carne de animais selvagens.

 

ANSA: Você já esteve no Brasil? O que pensa sobre a gastronomia local?

 

Negro: Nunca havia estado no Brasil. Acredito que a culinária brasileira seja rica em produtos que estimulam a fantasia de um cozinheiro.
   

 

Informações: http://www.settimanacucinaitaliana.com.br/

De 24 a 31 de outubro

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA