Colégio Dante Alighieri homenageia 700 anos da morte do poeta

Escola em São Paulo também celebra 110 anos de sua fundação

Colégio Dante Alighieri homenageia poeta
Colégio Dante Alighieri homenageia poeta (foto: Foto / Reprodução)
20:21, 02 JunSÃO PAULO Luciana Ribeiro

(ANSA) - Por Luciana Ribeiro - No ano do sétimo centenário da morte de Dante Alighieri (1265-1321), o colégio de São Paulo que carrega o nome do poeta mergulha no universo do gênio com uma série de atividades para homenageá-lo.

Desde o início do ano letivo, o Colégio Dante Alighieri vem apostando em diversas iniciativas pedagógicas para aprofundar o conhecimento dos alunos sobre a vida e obra daquele que é considerado um dos fundadores da língua italiana moderna.

A programação também foi criada para celebrar os 110 anos da instituição, fundada pela comunidade italiana em 1911 e que conta atualmente com 4,5 mil alunos.

Em entrevista à ANSA, a coordenadora do departamento de italiano da instituição, Eugenia Vezzelli, disse ser "um grande orgulho para toda a comunidade dantiana e italiana celebrar essas duas datas especiais".

"Comemorar e lembrar da morte de Dante Alighieri e, ao mesmo tempo, lembrar da origem do nosso colégio nos enche de orgulho", afirmou ela, ressaltando que isso é um "presente da história".

Como forma de homenagear as duas datas, o colégio tem realizado atividades em todas as séries, em formatos diferentes, e com um único objetivo: estimular o interesse cultural dos estudantes pela vida e obra de Dante.

"O grande desafio é fazer com que nossos alunos entendam por que Dante Alighieri é tão importante. Então todas as atividades que nós organizamos tem essa reflexão como base", explicou Vezzelli.

Cada série conta com um projeto interdisciplinar proposto de acordo com a faixa etária dos alunos, e a ideia é tentar alinhar os conteúdos relacionados ao sumo poeta com o nível linguístico de todos.

Entre as atividades propostas para os alunos do ensino fundamental estão a produção de desenhos inspirados em Beatrice, a musa de Dante, além de pequenas apresentações sobre o artista.

Já para os sétimos anos, cerca de 352 estudantes terão de ler a "Divina Comédia" na versão em português, e na sequência farão a produção de um jogo - tabuleiro, eletrônico ou outros formatos.

A obra ainda será o ponto de partida para todos os jovens do nono ano criarem uma narrativa sobre o conteúdo, que será redigida em português e depois roteirizada para podcasts.

Já no segundo semestre, os alunos do oitavo ano vão produzir informações curtas e curiosas - as chamadas "pillole divine" ("pílulas divinas") - sobre a vida e a obra do Dante. A expectativa é de que o material seja liberado para toda a comunidade dantiana no site do colégio.

"O departamento de italiano tem esse papel de nortear as crianças do colégio na descoberta do grande poeta e na obra dele. Eu acredito que vamos manter iniciativas nos próximos anos para que os alunos estudem Dante Alighieri e se aprofundem na obra dele", concluiu Vezzelli.

Vídeo "Divina Comédia" -

Entre as diversas iniciativas programadas pelo colégio está a produção de vídeos com cenas da "Divina Comédia", cujos trechos serão gravados em "pontos belos" da cidade de São Paulo, que concentra uma grande comunidade ítalo-descendente.

Na atividade, proposta pelo Consulado-Geral da Itália em São Paulo, 43 alunos recitarão tercetos do Inferno, Purgatório e também do Paraíso.

"Ainda não foram iniciadas as gravações. No momento atual, os alunos estão lendo uma versão adaptada da 'Divina Comédia' e estudando os tercetos. Em seguida, irão memorizar trechos escolhidos na língua original para criar o texto de sua apresentação - em italiano ou inglês", explicou à ANSA Angela Angoretto, coordenadora do departamento bicurricular do Dante Alighieri.

Após esse processo, os estudantes vão selecionar os cenários para as filmagens. A ideia é gravar em locais de São Paulo que tenham alguma ligação com a mensagem do terceto escolhido.

"São importantíssimas as reflexões dos estudantes, que comparam alguns conceitos colocados por Dante na 'Divina Comédia' com o mundo contemporâneo. Eles estão bastante animados com o trabalho", acrescentou a educadora.

A expectativa é de que o projeto seja apresentado no auditório do colégio em outubro, quando será realizada a Semana da Língua Italiana no Mundo, caso as restrições anti-Covid permitam. Entretanto, existe a ideia de o material ser publicado nas mídias digitais conforme a evolução da iniciativa. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA