Pai apresenta desistência de tutela à Justiça, e Britney comemora

Justiça dos EUA tem até o fim de setembro para se manifestar

Britney Spears está sob tutela do pai desde 2008
Britney Spears está sob tutela do pai desde 2008 (foto: ANSA)
16:48, 08 SetNOVA YORK ZGT

(ANSA) - A cantora norte-americana Britney Spears, 39 anos, comemorou nesta quarta-feira (8) a decisão de seu pai, Jamie, de entrar com um pedido de desistência da tutela na Justiça de Los Angeles. O genitor controla, há 13 anos, as finanças e toda a vida da artista.

Segundo a nota divulgada por seu advogado, Mathew S. Rosengart, a cantora considera a atitude "como uma vitória legal gigantesca", mas diz que Jamie ainda terá que responder pela má gestão do patrimônio.

"Mesmo que o senhor Spears ache que pode evitar a justiça e a prestação de contas, incluindo depor e responder sob juramento, ele está errado. Nossa investigação sobre a má gestão financeira e outros problemas vão continuar", explicou Rosengart ao voltar a expor a "tentativa de extorsão" que Jamie tentou fazer.

Há algumas semanas, Rosengart divulgou que o pai da cantora queria US$ 2 milhões para desistir da tutela, acordo que foi negado por Britney.

No documento apresentado ao tribunal de Los Angeles na noite desta terça-feira (7), o pai da cantora disse que ela "tem o direito de considerar que a tutela não é mais necessária" e que as "circunstâncias mudaram muito desde que a proteção começou".

"A tutela ajudou Britney a superar uma grande crise de vida, reabilitar e avançar sua carreira e colocar suas finanças e negócios em ordem", disse ainda Jamie no documento obtido pela emissora "NBC News".

O tribunal tem até o dia 30 de setembro para anunciar a decisão.

A defesa alega que a tutela foi necessária por conta da instabilidade da cantora em 2008 após ela ter um surto. No entanto, em depoimento, Britney afirmou que o pai a obrigava a tomar remédios muito fortes, não permitia que ela engravidasse novamente e a obrigou a trabalhar.

Além da tutela dos bens, Jamie controlava toda a vida financeira e profissional da cantora, mesmo ela sendo uma mulher adulta de 26 anos.

A situação em prol da artista começou a mudar após os fãs começarem a ver "pedidos de ajuda" nas postagens que ela fazia nas redes sociais e lançaram a campanha #FreeBritney para pressionar pelo fim da tutela.

Em junho, pela primeira vez, ela participou de uma audiência pedindo por sua liberdade de volta e dizendo que não aguentava mais sua vida com o pai. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA