Will Smith é banido do Oscar por 10 anos após tapa em Chris Rock

Agressão ocorreu durante a cerimônia em março

Will Smith é banido do Oscar por 10 anos após tapa em Chris Rock
Will Smith é banido do Oscar por 10 anos após tapa em Chris Rock (foto: EPA)
16:49, 08 AbrNOVA YORK ZCC

(ANSA) - A direção da Academia de cinema dos Estados Unidos decidiu nesta sexta-feira (8) que o ator norte-americano Will Smith ficará proibido de participar da cerimônia do Oscar por 10 anos, após dar um tapa em Chris Rock.

"O Conselho decidiu, por um período de 10 anos a partir de 8 de abril de 2022, que o Sr. Smith não poderá participar de nenhum evento ou programa da Academia, pessoalmente ou virtualmente, incluindo, mas não limitado, o Oscar", diz a nota.

A decisão foi tomada durante reunião organizada para debater medidas em consequência da agressão que ofuscou a cerimônia do Oscar e provocou a renúncia de Smith como membro da Academia.

Em março, na 94ª edição do maior prêmio do cinema do mundo, o ator deu um tapa ao vivo no humorista após ele fazer uma piada sobre a sua mulher, Jada Pinkett-Smith. A artista sofre de alopecia e, por conta da constante perda capilar, ela raspou o cabelo.

Após a agressão, Will Smith pediu desculpas à Academia e aos presentes logo após receber a estatueta de melhor ator por seu papel em "King Richard - Criando Campeãs" e, no dia 29 de março, publicou um pedido formal de desculpas em suas redes sociais para Chris Rock e a todos os presentes no Oscar.

"Queremos expressar nossa profunda gratidão ao Sr. Rock por manter a compostura em circunstâncias extraordinárias. Também queremos agradecer aos nossos anfitriões, indicados, apresentadores e vencedores por sua postura e graça durante nossa transmissão", acrescentou a nota oficial.

De acordo com a direção da Academia, a "resposta ao comportamento de Will Smith é um passo em direção a um objetivo maior de proteger a segurança de nossos artistas e convidados e restaurar a confiança na Academia".

"Também esperamos que isso possa iniciar um tempo de cura e restauração para todos os envolvidos e impactados", concluiu o comunicado. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA