Biden convoca cúpula sobre o clima para 22 de abril

EUA devem apresentar metas mais ambiciosas sobre emissões

Joe Biden assina ordens executivas contra mudanças climáticas
Joe Biden assina ordens executivas contra mudanças climáticas (foto: EPA)
17:32, 28 JanWASHINGTON ZLR

(ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, convocou uma cúpula global sobre o clima para 22 de abril, data em que é celebrado o Dia da Terra.

A expectativa é de que o democrata use a ocasião para anunciar metas mais ambiciosas de redução das emissões de poluentes nos EUA, assim como já foi feito por dezenas de países do mundo em dezembro passado.

"Não podemos mais esperar, é hora de soluções concretas na luta contra as mudanças climáticas, e a América deve voltar a liderar a resposta do mundo a esta crise", disse Biden na última quarta (27), ao anunciar um pacote de ações contra o aquecimento global.

Um dos primeiros atos do democrata na Casa Branca foi devolver os EUA ao Acordo de Paris sobre o clima. O presidente também pretende investir US$ 2 trilhões nos próximos anos para possibilitar a transição energética para fontes renováveis e, durante a campanha, prometeu cobrar o Brasil sobre o desmatamento da Amazônia.

Hoje (28), a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, informou que o Brasil será um “parceiro fundamental” na cúpula global sobre o clima e nas discussões de combate às mudanças climáticas.

Segundo o plano de Biden contra a crise climática, os Estados Unidos vão neutralizar suas emissões de gases do efeito estufa até 2050, o mesmo prazo prometido pela União Europeia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA