Nasa adia retorno de voo tripulado à Lua para 2025

Disputa entre Elon Musk e Jeff Bezos é um dos motivos principais

Nasa adiou em, ao menos um ano, a missão tripulada para a Lua
Nasa adiou em, ao menos um ano, a missão tripulada para a Lua (foto: EPA)
11:32, 10 NovWASHINGTON ZGT

(ANSA) - A Nasa anunciou nesta terça-feira (9) que o retorno de uma missão tripulada para a Lua foi adiado para, pelo menos, 2025. A meta anterior era fazer a viagem um ano antes.

Anunciada pelo então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a missão Artemis planejava fazer o primeiro voo tripulado desde para o astro desde 1972 em 2024.

No entanto, atrasos na produção de materiais para a viagem e brigas judiciais que envolvem a Blue Origin, de Jeff Bezos, e a Space X, de Elon Musk, atrasaram todo o processo.

Na última semana, a Nasa ganhou um processo contra Bezos em ação que a Blue Origin questionava a perda de um contrato de US$ 3 bilhões para a Space X. Com a decisão judicial, que concordou com a agência espacial na escolha do que era a melhor proposta, será a empresa de Musk que construirá o módulo de pouso no âmbito do projeto Starship.

Além disso, a Nasa quer fazer um voo não tripulado para a Lua antes de enviar os astronautas, em equipe que terá a primeira mulher e o primeiro negro em viagem para o satélite natural da Terra. Esse voo deve ocorrer em 2022.

A meta do programa Artemis é construir uma presença na Lua que sirva para aprendizados para uma futura missão do tipo para Marte, já nos anos 2030. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA