Elton John rechaça Dolce e Gabbana após críticas a gays

Segundo estilistas, homossexuais não deveriam adotar crianças

16:43, 15 MarLONDRES ZSG
(ANSA) - O cantor britânico Elton John criticou os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana, da grife que leva seus sobrenomes, após rechaçarem adoções por parte de casais gays e dizer que "os filhos da química não têm pai ou mãe".
    John, que teve dois filhos por meio da fecundação "in vitro" com o marido, David Furnisch, disse que suas "maravilhosas" crianças "não são sintéticas.
    Segundo ele, os italianos deviam "se envergonhar de ter apontado seus dedos" contra este tipo de fecundação, que ele classificou como "um milagre", que permitiu a milhões de pessoas - homossexuais e heterossexuais - que concretizassem seus sonhos de ter filhos.
    "Seu pensamento arcaico está fora de moda. Assim como suas criações", concluiu, dizendo nunca mais irá vestir nada da grife.
    Em sua defesa, Gabbana disse que nunca teve a intenção de julgar as decisões de outras pessoas.
    Ele disse que os comentários foram feitos com base em sua experiência familiar, mas que entende que outros tipo de famílias também são legítimas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en
Advertisement