Dilma é criticada pelo Financial Times

Eleições presidenciais podem trazer mudanças, diz jornal

Financial Times faz críticas à Dilma Rousseff
Financial Times faz críticas à Dilma Rousseff (foto: EPA)
10:12, 06 MaiLONDRES EBA

(ANSA) - O jornal Financial Times pede um "choque de credibilidade" no Brasil. Em editorial publicado nesta segunda-feira (5), a publicação afirma que se o governo de Dilma Rousseff não mudar de rumo, as eleições presidenciais poderão resultar em uma mudança.
    O editorial tem um tom duro contra a presidente brasileira. "Pobre Dilma Rousseff", inicia o texto.
    Para o Financial Times, a presidente do Brasil projetava "uma aura tediosa da eficiência de Angela Merkel", mas resulta em um trabalho mais parecido com o dos comediantes Irmãos Marx. "Os preparativos atrasados para a Copa do Mundo já envergonham o País, enquanto o trabalho para os Jogos Olímpicos de 2016 é classificado como 'o pior' que o Comitê Internacional já viu. A economia também está em queda. O Brasil, uma vez que o queridinho do mercado, vê investidores caindo fora", diz o texto. Com informações de Estadão Conteúdo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA