'Brasil vai bombar' e não explodir, diz Dilma

Presidente jantou com jornalistas no Palácio da Alvorada

Presidente do Brasil, Dilma Rousseff diz que 'Brasil vai bombar'
Presidente do Brasil, Dilma Rousseff diz que 'Brasil vai bombar' (foto: Ansa)
20:40, 07 MaiSÃO PAULO EBA

(ANSA) - A presidente Dilma Rousseff afirmou que em 2015 o "Brasil vai é bombar" e criticou as previsões dos adversários que anunciam reajustes financeiros para o próximo ano.
    A presidente concedeu na noite de ontem (6) uma entrevista durante um jantar oferecido a jornalistas no Palácio da Alvorada, em Brasília, na qual a economia foi o tema central do encontro. "Achar que o Brasil vai explodir em 2015 é ridículo. Me desculpe. O Brasil vai é bombar em 2015", afirmou ela.
    Apesar e esbanjar otimismo, Dilma afirmou que a "inflação está sob controle, mas não está tudo bem" e admitiu que existe um "mal estar" em relação aos preços que se explica pela diferença entre a taxa de crescimento dos bens com a taxa de crescimento dos serviços.
    No jantar, que durou quatro horas, a presidente tratou de vários temas, como a CPI da Petrobras, sobre a qual afirmou não temer nada sobre o assunto. "Meu governo é transparente e eu não devo nada".
    A presidente fez crítica aos seus adversários políticos, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), e destacou o apoio a sua pré-candidatura à reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, "tenho certeza de que o Lula me apóia neste instante".
    (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA