Paulo Maiurino é escolhido como novo diretor-geral da PF

Novo ministro de Justiça realizou mudanças também na PRF

Mudança na PF é a terceira do governo Bolsonaro
Mudança na PF é a terceira do governo Bolsonaro (foto: ANSA)
19:00, 06 AbrSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O novo ministro da Justiça, Anderson Torres, anunciou nesta terça-feira (6) os nomes dos novos diretores da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

Para a PF, sai Rolando de Souza - que estava na função há menos de um ano - e entra Paulo Maiurino. Essa é a terceira troca de comando realizada durante o período do governo e Jair Bolsonaro.

"Agradeço ao Dr. Rolando Souza pelo período em que esteve à frente da Direção-Geral da @policiafederal. Iniciamos hoje o processo de transição do cargo para o Dr. Paulo Maiurino, a quem desejo felicidades nessa importante função no @JusticaGovBR", escreveu Torres em sua conta no Twitter.

Conforme informou o ministro, Maiurino tem ampla carreira na PF, sendo delegado desde 1998 e tendo atuado em funções de comando da Interpol no Brasil, assessor de Relações Internacionais da PF, além de liderar outros departamentos da instituição.

Já na PRF, o novo diretor-geral será Silvinei Vasques, que substitui Eduardo Aggio. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA