Bolsonaro recria Ministério do Trabalho e nomeia Onyx Lorenzoni

Medida foi feita para acomodar político após troca na Casa Civil

Onyx assume Trabalho após deixar a Casa Civil em reforma ministerial para acomodar Centrão
Onyx assume Trabalho após deixar a Casa Civil em reforma ministerial para acomodar Centrão (foto: EPA)
14:09, 28 JulSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O presidente da República, Jair Bolsonaro, recriou nesta quarta-feira (28) o Ministério do Trabalho por meio de medida provisória e nomeou Onyx Lorenzoni como o titular da pasta.

A mudança foi feita para acomodar o político após Bolsonaro promover alterações em seu governo para dar mais espaço ao Centrão.

Lorenzoni estava no cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, posto que foi ocupado por Luiz Eduardo Ramos. O militar, por sua vez, era chefe da Casa Civil, e perdeu a posição para o senador Ciro Nogueira, um dos líderes do Centrão no Senado.

Com isso, Bolsonaro espera conseguir maior governabilidade dentro do Congresso, especialmente, em um momento que os senadores estão investigando a gestão da pandemia de Covid-19 por meio de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

O presidente, inclusive, está sendo investigado por prevaricação por supostas irregularidades denunciadas por um servidor do Ministério da Saúde na compra da vacina indiana Covaxin.

O Ministério do Trabalho existia no Brasil desde 1930, mas foi extinta em 2019 por Bolsonaro. A pasta foi "rebaixada" e incorporada dentro do Ministério da Economia. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA